Páginas

3 de fevereiro de 2009

Trecho de um diálogo do livro - A erva do Diabo, de Carlos Castaneda.
"- Está zangado Dom Juan? perguntei quando ele voltou, e pareceu está espantado com minha pergunta.
-Não! Nunca me zango! Nenhum ser humano pode fazer alguma coisa tão importante que mereça isso. A gente se zanga com as pessoas quando achamos que seus atos são importantes. Não sinto mais isso."
Realmente toda a verdade...
Quanto mais eu conheço o ser humano mais eu tenho medo dele, os "seus/nossos" atos não valem a nossa ira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...