Páginas

13 de outubro de 2009

Desapego de Memórias


Com o passar dos tempos algumas lembranças se dissolvem e se perde entre as brumas dos acontecimentos e novas lembranças.
Não que um acontecimento novo substitua uma velha lembrança, mas, a evidência por estar mais próximo de um presente "real".
Guardar velhas lembranças como se fosse um objeto de valor, mesmo que sentimental e agarrar-se a estas lembranças como se fossem pessoas pode ser em vão, mesmo nos trazendo boas sensações elas por vezes nos mantém presa há um tempo que não nos deixa andar para frente. Às vezes é preciso se desapegar de certas memórias para que a vida caminhe na direção do futuro.
As lembranças e nostalgias têm de ser como véus semitransparentes, no qual possamos vê-lo sem esquecer que no outro lado ainda há vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...