Páginas

2 de março de 2010

Necessária infância..

Há momentos em que sinto certa necessidade de sentimentos infantis. Não no sentido da imaturidade ou da inocência de não saber de quase nada.
Às vezes agarro-me na liberdade que tinha quando criança e que perdi quando comecei a ter vida de gente quase grande. Não que minha experiência de vida já sirva de exemplo pra alguém, mas hoje já vejo a infância com uma distância relativamente significativa e posso lembrar-me do quanto o mundo era diferente de hoje. O mundo muda e os cursos tomam outros caminhos, a humanidade caminha para a 'Era da Tecnologia' e isso já faz toda a diferença.
Eu tinha meus próprios sonhos e criava sozinha as cenas dos meus livros preferidos, eu ouvia MPB sem saber qual era sua 'importância' cultural e imagina cada pedaço de uma história relatada em uma música. Enquanto hoje, os livros preferidos logo viram filmes, as músicas já não tem histórias.
Aparentemente falando soa como um apego ao passado a um passado que jamais volta, pois jamais terei oito anos novamente e não brincarei no banco de areia da casa da minha vó usando suas blusas enormes que em mim mais pareciam vestidos. Sim, disso eu sei que não viverei de novo.
Eu escrevo sobre a época que me deixava ser mais eu, do que a época de hoje deixam as crianças serem, os adolescentes serem. Alguns chamam isso de evolução, eu chamo de decadência evolutiva. Não vou entrar no blábláblá que todos sempre debatem, mas ressalto que sistema atual rouba, sim a nossa liberdade de ser, querer, optar e 'sonhar', não sonhar no sentido de 'imaginar algo que não existe ou desejar algo quase utópico', mas no sentido de ter e manter o nosso universo individual.
A infância alimenta esse universo único, por simplesmente não ter conhecido tudo o que até agora nós conhecemos e tomamos conhecimentos, não por ignorância, mas por pureza que infelizmente já também está sendo roubada. Alimento meus sonhos, minhas músicas, meus livros, minhas imagens e disso sinto necessidade, pois não é todo dia que consigo sentí-las. Segue abaixo uma música que para mim tem 'cara de infância'.

Beijos e Boa Noite a todos!


2 comentários:

  1. É prezada pammm...hj em dia não cabe somente aos atores encarnar personagens, seja para entretenimento, seja para conveniência, cada qual tem seu (ou seus) avatarzinho sempre mantendo uma postura imposta por cada eixo da grande roda gigante do sistema que a cada volta cobra com juros, mora, multa e impostos o tão forçoso amadurecimento e o saber compulsório sem deixar espaço para a irreflexão, imaturidade e inocência da infância, pilares para o puro sentimento de liberdade. Não deixemos que essa roda gigante nos transforme em sábios, sérios, cegos, céticos, caquéticos e tristes, velhos....

    ResponderExcluir
  2. É isso aí ramelitos. Hoje temos que atuar em praticamente todos os acontecimentos que ocorrem na vida.. Infelizmente!

    ResponderExcluir

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...