Páginas

27 de maio de 2010

Não sei qual o título.

Quando eu deito na cama pra dormir, fico pensando um pouco sobre a vida e em algumas coisas que seria interessante dividir com algumas pessoas que talvez se importem, se interessam ou mesmo se identifiquem com alguns sentimentos meus. Mas é impressionante como tudo se perde quando eu acordo. Parece que toda a minha inspiração e explosão de sentimentos reais são apagados enquanto eu durmo e eles só reaparecem quando a noite se cala novamente e o fluxo de energias humanas acalmam enquanto o corpo descansa. Mas me incomoda muito não lembrar o que me passava pela cabeça a menos de 20 horas atrás, mas sinto também que não era eu sozinha. Em alguns momentos não me sinto sozinha enquanto todos da casa dormem e eu rolo na cama até pegar no sono, algo me enebria e me assusta, algo que não sei o que é. Lembro-me que pensei um pouco sobre o falecimento das duas irmãs em Brasília, o que me entristeceu e me fez orar pela família e amigos. Me aterrorizou pois me fez mais uma vez ver como a vida é inconstante e misteriosa. O caminho é longo e árduo, e disso todos nós sabemos, mas mesmo assim ainda tentamos camuflar e fazer deste caminho um 'conto de fadas', levantando a cada queda, sorrindo para os sofrimentos e amando apesar de tudo.
Que desapontamento esse meu esquecimento, queria poder escrever, mas o preço de ser ser humana não deixa, me deixou esquecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...