Páginas

21 de julho de 2010

Bem que eu queria dormir, mas a culpa chamou-me a noite inteira. Eu preferia fugir, mas a morte arranhava a minha porta. Devia esquecer o amor, mas esse não desiste de mim: me agarra, me devora e me vomita no alto da sacada. (Cada vez que acordo, perdi um novo pedaço: ouço os cacos rolando o tempo todo na escada.)
Lya Luft

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...