Páginas

20 de novembro de 2011


'Pensar incomoda como andar à chuva
Quando o vento cresce e parece que chove mais.
(...)
Escrevo versos num papel que está no meu pensamento,
Sinto um cajado nas mãos
E vejo um recorte de mim
No cimo dum outeiro,
Olhando para o meu rebanho e vendo as minhas idéias,
Ou olhando para as minhas idéias e vendo o meu rebanho,
E sorrindo vagamente como quem não compreende o que se diz
E quer fingir que compreende.'
O Guardador de Rebanhos
Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...