Páginas

22 de janeiro de 2013

Os Ipês de Janeiro.

Não é de costume natural os Ipês (árvores típicas do Cerrado brasileiro), florescerem em pleno mês de janeiro. A normalidade é a floração acontecer de junho a setembro, quando já não chove, a terra trinca de secura e o céu um azul misturado com o vermelho terra-cota da poeira que dá um efeito "vintage" e envelhecido da paisagem.
Esta semana porém, acontece algo de diferente e me deparo com um Ipê Branco médio, ainda não muito adulto começando a florescer. Algumas folhas já secas em cor de vinho, já caídas no chão e algumas das florezinhas brancas perfumadas no topo da copa que deve medir no máximo uns 4 metros de altura. O cheiro é agradável e deixa o frescor da manhã úmida de janeiro mais gostoso e anormal. Dá vontade de por ali sentar, ler um livro e ficar até cansar de fazer nada. Sinto saudades dos Ipês floridos robustos contrastando com o mato dourado do Cerrado e que apesar de seco e desconfortável, está mais perto do céu. O Ipê branco, apesar de florido fora de época, continua especialmente formoso e atrativo. Pena vê-lo tão sozinho e despercebido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...