Páginas

31 de maio de 2009


O meu coração é como um céu. Cada pessoa que existe dentro dele brilha como uma estrela e cada um se torna estrela. São milhares delas, mas se faltar uma luz, toda minha constelação mudará.
Às vezes nos vem umas coisas bestinhas mesmo para escrever, mas hoje estou com uma vontade imensa de dizer as estrelas do meu coração o quanto amo. O quanto este amor é indescritível e sublime. É algo que eu deixo para as forças da luz e do céu explicarem, por equanto só quero sentir.
As estrelas do meu céu sabem quem elas são.

...........

Hoje não aguento mais as coisas, cansei. Meu corpo pede, minha alma pede tempo. Quero parar, às vezes desistir, porém, nada para, tudo corre, corre depressa e não dá tempo de parar e olhar para trás. A velocidade me deixa tonta, nada para, nada descança e eu vou indo de acordo com o "vento".
O vento leva e eu vou indo para os lugares que ele deseja me levar, vou indo sentindo, respirando, mas quando me dou conta, não sei onde estou. Quero parar, quero voltar, mas a corrente do vento é forte e não me deixa partir, então eu fico ali, esperando algo ou alguém ir me buscar, mas eu também sei que ninguém nem algo irá me buscar. Assim eu vou tentando me convencer de tudo melhorará, e que as coisas ficarão normais. Doce ilusão da vida! Gostosa ilusão que faz nossa mente acreditar que tudo um dia será utopico como nossos pensamentos.
Pare! Feche os olhos e volte. Volte para onde teu coração está, volte para onde você nunca esteve e vá para onde você gostaria de estar.

17 de maio de 2009

Fazer valer a pena...

Até onde devemos nos esforçar para fazer algo valer a pena? E como saber se será válido o esforço feito?
Se esforçar para fazer algo valer a pena não é algo simples demais a se fazer, mas também não é tão complicado. O difícil está em saber se valerá a pena ou não. Mas como saber se valerá a pena se não o fez ainda?! Só saberemos se valerá algo se fizermos e vermos o que acontecerá. Mas aí é que tá! Questões como medo, decepção, insegurança nos impedem muitas vezes de fazermos algo que queremos ou que devemos. Mas até que ponto devemos nos deixar "controlar" por esse tipo de sentimento? Pensar muito ou fazer de uma vez? Isso só aprenderemos vivendo, tentando, errando, acertando, sorrindo e chorando, sempre. As tentativas acho que nunca são em vão, mesmo com resultados infelizes. Qualquer atitude que tomamos seja ela bem ou mal sucedida é válida pois estamos deixando de lado medos, preconceitos e tentando fazer com que algo fique melhor.
Faz parte da vida...dúvidas, tentativas, certezas ao certo nunca teremos.

12 de maio de 2009

"...A vida é tão interessante que em momentos chega a doer, cortar, roçar, dá vontade de dar pulos.."

Não tenho palavras...

in memory

Sentir saudades, nostalgias é normal na vida sentimental de qualquer ser humano, mas e quando nós nos prendemos a nossa nostalgia e não queremos mais no desapegar? O que fazemos?
Por momentos eu me prendo as minhas nostalgias e memórias tentando de alguma forma trazer de volta momentos que eu sei que jamais voltarão. E se eu pudesse um dia voltar ao tempo, será que eu realmente iria querer fazer? Talvez voltaria nos momentos mais simples e sublimes, naqueles momentos em que eu me sentia eu, com a alma livre, sem pensamentos e anseios. A vida corre e o tempo que passou parece melhor que o tempo presente, mas até onde o tempo presente é "pior" do que o passado? Pode ser que quando eu chegar aos 30 eu olhe para trás e sinta saudades e apertos no coração quando lembrar dos meus 21 anos. Sentimentos são complicados e o tempo assim como nosso aliado pode ser o nosso maior inimigo. Então o que fazer? O que adianta fazer? Infelizmente é o que todos falam...seguir em frente e aproveitar, amar, cantar, rezar, correr, chorar, sorrir, abraçar, beijar, ser você mesmo, fechar os olhos e lembrar de momentos maravilhosos e saber que na vida pode e irá acontecer mais desses. Faça em dobro o que você fez e te fez sentir maravilhosamente livre e você mesmo.
A memória é um presente, e foi feita realmente para guardar o que tivemos de bom na vida.


E para representar minha nostalgia eu deixo Carla Bruni, pois ao ouvir essa música uma cascata de lembranças despencam do meu armário da memória.
Boa noite a todos!




Para posta uma mensagem basta clicar em cima do post.



11 de maio de 2009

Dia Das Mães....

Infelizmente esqueci de fazer este post ontem, então vou fazer hoje pois não vou deixar o dia das mães passar em branco, ainda mais quando existe uma mãe que nem a minha, linda, legal, inteligente e outras mil características maravilhosas que existem.
Desejo a todas as mães tudo de melhor sempre, não somente neste dia mas em todos os outros que estão por vir.






4 de maio de 2009

Clarice again

"E eis que depois de uma tarde de "quem sou eu" e de acordar à uma hora da madrugada em desespero. Eis que às três horas da madrugada acordei e me encontrei.
Fui ao encontro de mim. Calma, alegre, plenitude sem fulminação.
Simplesmente, eu sou eu, você é você.É livre, é vasto, vai durar.
Eu não sei muito bem o que vou fazer em seguida mas, por enquanto, olha pra mim, e me ama! Não! Tu olhas pra ti e te amas.
É o que está certo."

r e c o m e ç a n d o

Preciso rever algumas coisas na minha vida..Renovar! Começar de novo. Passar um limpa em algumas páginas e partir pra frente començando do zero.
Às vezes nossas vidas precisam de um recomeço e pode ser difícil faze-lô, mas pensando bem, o que é fácil? A diferença está no modo em que encaramos as coisas.
Para representar meu recomeço, posto a foto de uma cachoeira, para renovar as energias e as inspirações.
Abraços!






1 de maio de 2009



Hoje passei uma tarde maravilhosa no meio no mato longe de tudo e todos.
Bom para recarregar as energias e esquecer um pouco a vida chata que "temos" na cidade!
Merecemos isso de vez em quando, se não vamos explodir.
Aí estão duas fotos de duas coisas que amo: Deitar, relaxar e natureza!




PS: Não recebo comentários por que tem algo de errado na configuração do blog. Já tentei de tudo e não consegui arrumar..
Mas mandem e-mails com a opinião de vocês para pamela.raraujo@gmail.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...