Páginas

19 de junho de 2009

Hoje um pouco de arte.

Maija Isola (1927-2001), foi uma importante designer de texturas para têxteis. Foi uma designer escandinávia e uma das principais arstistas da Marimekko.
Veja abaixo algumas de suas gravuras.




16 de junho de 2009




Algumas fotos inspiradoras, para deixar nosso dia um pouco mais...digamos inspirador!!!

Boa Tarde a todos!!!

14 de junho de 2009

Crazy crazy crazy forever.

Na vida precisamos de certa loucura para retornarmos ao nosso ponto incial. A loucura creio eu, que seja a base da normalidade. Apesar do real preconceito contra esta palavra, a verdade é que todos somos e isso já faz parte de nós desde que nos tornamos seres viventes, e precisamos disso. Precisamos pois a normalidade mata, mata aos poucos a alma do ser . A normalidade camufla a criatividade e a transparência da essência do ser. O que às vezes dificulta a vida, e a torna menos "leve", mesmo não sendo, nós sem querer deixamos ela se tornar algo que não é, pode ser por influências externas ou mesmo pelo simples fato de deixarmos que essas influências cause algo dentro de nós.
Uns tem mais loucuras que outros, e acho que esses são mais felizes, apesar desta loucura às vezes enlouquecer, estas tem a mente livre e a deixam ir aonde não tem fim, assim tornando-se pessoas que são quem realmente são.
Apesar das palavras se embaralharem, tudo faz um sentido. Sei que nem todos vão entender, por que nem todos tem essa capacidade. Então, se você não entendeu, não tente isso. Se quiser entender algum dia, torne-se.


"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música."
Friedrich Nietzsche

12 de junho de 2009

O vento

Queria um dia poder voar

para sentir em minha face

o doce sabor do vento livre

da liberdade fresca tocando minha alma

Sentir meus cabelos dançando

ao som da música dos ares

e saber que a cada movimento

uma parte do universo se move

e que eu, parte pequena deste universo

mesmo aparentemente insignificante

sou precisa!


Faço parte e faz parte de mim.

E ao voar, mesmo em pensamentos

O todo se modifica a cada movimento do meu ser.




Bom fim de semana a todos!
Pamela

9 de junho de 2009

Sick.Tired.Homeless

Hoje o dia não foi muito amigável comigo.. Minha querida inimiga chamada enxaqueca voltou a me visitar essa semana, e hoje o dia realmente não foi fácil. Acordei 7:00 am e a cabeça já estava dolorida e pulsando como se tivesse acontecendo uma festa lá dentro. Quando já não aguentava mais resolvi ir ao hospital e tive que tomar ponstan e dramin na veia. Acabei não indo para a aula e dormi até as 20:30.
A causa desta eu já sei, é estress. Apesar de acharem que eu sou muito "nova" para ter estress, eu tenho e tenho muito. E sofro com isso, afeta tanto o corpo material quanto o espiritual.
Espero ficar melhor no resto da semana.

Boa noite a todos!

7 de junho de 2009

A dança

"Não te amo como se fosse rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo secretamente, entre a sombra e a alma.
.
Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascender da terra.
.
Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo directamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,
.
Se não assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho."

Pablo Neruda


Para bom entendedor..meia palavra basta.
Este é pra vc...meu passarinho ;)

5 de junho de 2009

Como nossos pais?!

"Não quero lhe falar meu grande amor das coisas que aprendi nos discos

Quero lhe contar como eu vivi e tudo que aconteceu comigo

Viver é melhor que sonhar, eu sei que o amor é uma coisa boa

Mas também sei que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa

Por isso cuidado meu bem, há perigo na esquina

Eles venceram e o sinal está fechado prá nós que somos jovens

Para abraçar seu irmão e beijar sua menina na rua

É que se fez o seu braço, o seu lábio e a sua voz

Você me pergunta pela minha paixão

Digo que estou encantada com uma nova invenção

Eu vou ficar nesta cidade, não vou voltar pro sertão

Pois vejo vir vindo no vento o cheiro da nova estação

Eu sei de tudo na ferida viva do meu coração

Já faz tempo eu vi você na rua, cabelo ao vento, gente jovem reunida

Na parede da memória essa lembrança é o quadro que dói mais

Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos

Ainda somos os mesmos e vivemos...
Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais

Nossos ídolos ainda são os mesmos e as aparências não enganam não

Você diz que depois deles não apareceu mais ninguém

Você pode até dizer que 'eu tô por fora, ou então que eu tô inventando'

Mas é você que ama o passado e que não vê

É você que ama o passado e que não vê

Que o novo sempre vem

Hoje eu sei que quem me deu a idéia de uma nova consciência e juventude

Tá em casa guardado por Deus contando vil metal

Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo, tudo, tudo que fizemos

Nós ainda somos os mesmos e vivemos...
Ainda somos os mesmos e vivemos...
Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais!"







Essa música...é demais!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...